Pecuária e Agricultura

 

O gado é de vital importância no montado. Além de constituir o principal aproveitamento destas áreas, tem uma grande importância ecológica, pois contribui para a manutenção e melhoramento das pastagens das quais se alimenta. Contribui também para o transporte e fornecimento de nutrientes, aumentando a fertilidade do solo.

O aproveitamento pecuário do montado é praticado em regime extensivo ou semiextensivo, através do pastoreio livre. Os animais alimentam-se dos pastos, bolotas, folhas e pequenos ramos das árvores. O fornecimento de alimentação suplementar é necessário apenas nos períodos de escassez de pastos.

O pastoreio realiza-se principalmente com gado suíno, ovino, bovino ou caprino, sendo muito comum encontrarmos várias destas espécies simultaneamente na mesma exploração.

O rebanho pecuário é composto principalmente por raças autóctones, rústicas, que evoluíram adaptando-se às condições próprias deste meio e que se destacam pela excelente qualidade dos seus produtos lácteos e de carne.  Atualmente, também se recorre ao cruzamento com outras raças que permitem produções maiores.